Ambiente Aoxy

Ambientes colaborativos de trabalho permitem o aproveitamento máximo do potencial de inteligência coletiva das pessoas.

 

Na nossa visão, a organização tradicional de ambientes favorece a criação de silos, restringe e colaboração e a criatividade das pessoas, além de reduzir a capacidade de adequação às oscilações de demanda.
O desenho final do ambiente de trabalho da Aoxy focou esses aspectos e, depois de três meses de estruturação, conseguimos o seguinte resultado:


 

1. Paredes tornaram-se extensões das mesas.

A capacidade de escrever nas paredes leva à uma mudança comportamental, fazendo com que ideias e informações saiam dos domínios pessoais e passem a fazer parte do espaço coletivo. Revestir as paredes com vidro nos permite compartilhar e desenvolver ideias, planejar e discutir soluções e até mesmo controlar o trabalho em execução, de uma forma criativa, transparente e colaborativa.

 

2. Ao invés de baias, espaços abertos, sem divisórias ou obstáculos.

Os ambientes de trabalho abertos oferecem pelo menos dois grandes benefícios: primeiro, as ideias e discussão de soluções fluem livremente, acelerando os ciclos de inovação e de resolução de problemas. Segundo, a transferência de conhecimento e o aprendizado multifuncional são alavancados fortemente neste tipo de espaço. É claro que para tudo existe um período de adaptação. Em determinadas situações, as pessoas precisam de um pouco de privacidade para detalhar um solução, pesquisar um assunto específico etc. (por este motivo as salas de reunião ainda são importantes). Para ser eficaz, o ambiente de trabalho deve ser equilibrado, oferecendo condições para o compartilhamento e a colaboração, mas também atendendo as necessidades de isolamento e concentração, sempre que necessário.

 

3. Layout dinâmico, definido em função das demandas.

Não é nada fácil mudar um ambiente de trabalho que foi projetado para ser estático. Por este motivo, pensamos em layouts flexíveis, que pudessem ser reconfigurados rapidamente, em função das necessidades de trabalho/demandas de projetos. Tal capacidade exigiu o desenho e a confecção de mesas “ágeis”, que podiam ser facilmente movimentadas e agrupadas, sempre que necessário. Também tivemos que repensar toda a infraestrutura do ambiente (energia elétrica, telefonia, rede etc.), para garantir que as mesas, ao serem movimentadas, fossem reconectadas com o menor esforço possível.

 
 

logo

Av. Queiróz Filho 1700 VillaA Casa 57

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.